Google Hotel Search: tudo sobre a mais nova plataforma de reservas online

por | mar 15, 2019 | Gestão hoteleira

Silenciosamente, o Google acaba de entregar aos viajantes seu novo site de pesquisa por hotéis, conhecido como Google Hotel Search. Antes, os resultados apareciam diretamente no buscador e poderiam direcionar o usuário para uma página do Google Maps.

Agora, o usuário pode pesquisar e reservar quartos no google.com/travel/hotels. Primeiro testado em mobile, a nova versão passa a funcionar também no desktop.

Assim como é possível pesquisar e comparar passagens aéreas no Google Voos, sem precisar entrar em centenas de sites de viagem, seu futuro hóspede pode procurar por hospedagens sem acessar websites como a Booking, Expedia ou, até mesmo, o seu próprio site.

Para os hoteleiros, a nova funcionalidade tem seus prós e contras. A plataforma, assim como as OTAs, trabalha através de comissões ao invés de CPC (custo por clique), como era feito na versão anterior do buscador, o Google Hotel Finder. Antes, o hotel pagava por cada clique do viajante no botão por cotação, que nem sempre terminava em uma reserva.

Inicialmente, o Google Hotel Finder foi lançado em 2011 somente para o mercado norte americano. Nessa primeira versão do buscador, a pesquisa por hotéis era feita diretamente pelo navegador ou pelo Google Maps, ao invés de uma página própria.

Aposentado em 2015, o Google Hotel Finder passou por várias mudanças até se tornar o motor de pesquisa que conhecemos hoje. Veja abaixo a comparação entre a versão de 2015 e o redesign do Google Hotel Search:

Muito melhor, não é mesmo? O novo buscador conta com uma gama de filtros para facilitar a tomada de decisão do viajante, além da possibilidade de reservar diretamente pelo Google.

A empresa também vêm lançando melhorias no Google Hotel Ads, antigo Google Price Ads lá de 2015, liberado no Brasil dois anos depois. O viajante pode, por exemplo, fazer pesquisas por voz pelo Google Assistant no celular, TV, speakers, no carro e em smartwatches.

Como funciona o Google Hotel Search

O viajante vai começar com uma pesquisa de hotéis em x localização, como “hotéis no Rio de Janeiro”, por exemplo. Depois dos resultados pagos, o usuário tem acesso a tabela simplificada de hotéis, com exibição do Maps à direita.

Ao clicar em “Ver Mais”, o viajante é direcionado para a página propriamente dita do Google Hotel Search, que pode ser acessada diretamente pelo link: google.com/travel/hotels/

Hotel Search no Google Maps filtra hospedagem por região

No painel da direita, o viajante pode escolher que os resultados sejam atualizados conforme o mapa é movido de lugar. Assim, você pode limitar sua busca por região específica no Rio de Janeiro ou por proximidade a pontos de referência, como o Cristo Redentor.

Quando o usuário clica em um dos hotéis da lista, abre uma nova página com detalhes da acomodação, com uma fileira de fotos tiradas pelo hotel ou por visitantes, e um link para o site oficial.

Como hotéis aparecem no Google Hotel Search
Os botões mais importantes são as duas chamadas de ação destacadas em azul. Ao clicar em um dos dois, o usuário é enviado para o menu “preços” para verificar a disponibilidade em vários sites anunciantes.

Como funcionam os filtros do Google Hotel Search

De início, podemos classificar os resultados em “menor preço”, “mais relevante” e “melhor avaliação”. O viajante pode escolher outras dezenas de filtros disponíveis no Hotel Search, que incluem um menu de comodidades com as opções:

  • Wi-Fi gratuito
  • Academia
  • Café da manhã incluso
  • Ideal para crianças
  • Estacionamento grátis
  • Animais permitidos
  • Ar-condicionado
  • Piscina
  • Bar
  • Restaurante
  • O viajante também pode filtrar o hotel por número de estrelas ou classificação de avaliações, visualizar apenas ofertas ou fixar uma diária máxima e trabalhar apenas com hotéis dentro do seu orçamento.

    O vice-presidente de gestão de produto do Google, Richard Holden, explicou em uma postagem no blog da empresa, a lógica por trás do filtro de ofertas. Em suas palavras, o filtro “usa [a tecnologia] do machine learning para destacar hotéis em que um mais de nossos parceiros oferecem tarifas significativamente inferiores ao preço normal para esse hotel ou hotéis semelhantes nas proximidades”.

    É aí que entra a pegadinha – e o número do cartão de crédito! -, pois para qualificar como um dos “parceiros” você precisa ter uma conta no Google Meu Negócio e anunciar pelo Hotel Ads. Caso contrário, as tarifas especiais para reservas diretas em seu site não vão aparecer.

    Reservas através do Google Hotel Search

    Não são todos os casos em que é possível reservar diretamente pelo Google. Porém, se a ferramenta estiver disponível, o viajante pode entrar na conta gmail e efetuar o pagamento pelo Google Pay.

    Assim que o pagamento é processado pela agência de viagens ou pelo hotel, o hóspede receberá um email do anunciante e outro do Google. A empresa faz até mesmo parte do atendimento online ao viajante, disponibilizando um formulário online de contato.

    Nos exemplos acima, a reserva pelo buscador não estava disponível. Porém, o Skift, site de notícias globais da indústria de viagens e hospitalidade, disponibilizou em seu artigo um exemplo prático de reserva pelo Google em um hotel no Rio de Janeiro.

    Na página de “preços”, o anúncio será parecido com este, com o botão “reserva agora” e a chamada “cancelamento grátis” destacados:

    Skift explica como funciona na prática o Google Booking ou reserva pelo Google
    No exemplo acima, a reserva pode ser feita pela provedora Agoda da Booking Holdings. O Skift também encontrou anúncios parecidos por outras agência como a Travelocity, de propriedade da Expedia, e a Orbitz, uma subsidiária do mesmo grupo.

    A reserva através do Google só é possível se o hotel ou OTA está conectado a outra ferramenta do Hotel Ads, o Room Booking Module. Para anunciar o quarto por esse modelo, o hotel escolhe participar do típico sistema de lances ou por comissões.

    O mercado das OTAs acaba de ganhar um novo competidor

    É oficial: o Google saiu do banco de reservas e está jogando no campo! Por todas as características mencionadas acima, mas principalmente pela possibilidade de reservar diretamente pela plataforma, podemos dizer que o Google é, de fato, uma OTA em transformação.

    Mas sem condenações precipitadas! O que sabemos é que você acabou de aprender a driblar as comissões pagas a Booking, mas agora tem outro possível parceiro pra ficar de olho: O Google Hotel Search.

    O Google ainda tem alguns passos para avançar, como permitir que o hóspede cancele sua reserva pelo buscador e não pela agência ou hotel. Mesmo assim, é um movimento inteligente incluir o Google Hotel Search na sua gestão de canais de distribuição.

    Se você nunca cogitou investir no Hotel Ads, a hora é agora. Com um visual minimalista e um tempo de carregamento e transição de páginas veloz, o Google é com certeza uma alternativa forte para o viajante concluir uma reserva.

    A nova estratégia do Revenue Management na hotelaria

    O revenue management na hotelaria, traduzido para “gestão de receita”, é um conjunto de técnicas para maximizar a rentabilidade do meio de hospedagem.  O RM não é fruto...

    Juntos, humano e robô no atendimento em hotelaria

    A inclusão de robôs no atendimento em hotelaria causa receios. Muitos hoteleiros se sentem em um filme de ficção, com o perigo iminente da dominação das máquinas e da...

    Multicanal e Omnichannel na hotelaria: o que é e como funciona na prática

    Omnichannel é uma palavra que poucos conhecem e muitas vezes confundida com o termo “multicanal”, ou multichannel. Falar sobre uma experiência multicanal e omnichannel na...

    EHL: O que podemos aprender com a melhor Escola de Hotelaria do mundo

    Você sabe qual a melhor faculdade de hotelaria do mundo?! Na Suíça, a Escola Hoteleira de Lausanne recebeu o título de melhor faculdade na categoria de Gestão Hoteleira...

    5 sistemas hoteleiros para organizar seu hotel ou pousada

    Os sistemas hoteleiros nada mais são do que ferramentas de auxílio, para um setor que demanda velocidade e assertividade em cenários que estão constantemente evoluindo. Com...

    A plataforma n°1 em atendimento inteligente omnichannel para hotéis, pousadas e resorts.

    Ligue para nossos consultores:

    Seg à sex das 08:30 às 18:30h
    (048) 3209-1004
    (048) 3209-0974

    APOIO